S. Lázaro

S. Lázaro (1861-1867)

A primeira fase da formação de Soares dos Reis foi feita na Academia Portuense de Belas Artes, também conhecida por Academia de S. Lázaro. Nessa altura, como actividade extra-curricular, teve a oportunidade de fazer alguns ensaios em escultura, sob a direcção de António Luís da Silva Cruz, recebendo assim uma vertente prática que não encontrava na Academia.

A Academia tinha parcos recursos, quer financeiros quer humanos. Oferecia aulas de pintura, escultura e arquitectura, e ainda um curso preparatório de Desenho mas os professores estavam muito longe da excelência e o que tinham para ensinar a Soares dos Reis pouco faria pelo seu desenvolvimento artístico. Foram seus professores T. M. de Almeida Furtado em Desenho de estampa e de gesso; Manuel José Carneiro, Joaquim da Costa Lima e M. de Almeida Ribeiro em Arquitectura e Perspectiva; Manuel da Fonseca Pinto em Escultura e João António Correia nas disciplinas de Pintura e Anatomia.

Mas se o ensino era mau, os alunos não contrariavam essa tendência, o seu número era muito reduzido e, na sua maioria, não possuíam grandes capacidades, limitando-se, regra geral, a fazer apenas o necessário para a obtenção do diploma que lhes permitisse conseguirem do professorado, oficial ou particular, a necessária sobrevivência material.

A somar aos problemas relacionados com o ensino havia também o problema de o ambiente artístico do Porto ser quase inexistente. Mesmo a nível nacional o panorama artístico era antiquado e sem qualquer vigor.

 O grande impulso na sua formação como escultor viria a ser, efectivamente, a sua ida como pensionista, primeiro para Paris e depois para Roma.

Foi neste contexto que, a 1 de Outubro de 1861, António Soares dos Reis se matriculou na Academia Portuense de Belas Artes nas aulas do 1º ano de Escultura, Desenho e Arquitectura.

Como a Academia ficava em S. Lázaro, no Porto, e como Soares dos Reis residia em Gaia, tinha que fazer, a pé, um trajecto extenso para assistir às aulasm, o que não o impediu de, em Agosto de 1867,com apenas 20 anos, ter terminado o curso com louvor.

Em todos os cursos que frequentou, incluindo o de Pintura, obteve as melhores classificações e os 1os prémios.


 

 

Anúncios